sexta-feira, 1 de janeiro de 2010

Candidíase no homem

A candidíase no homem é muito comum, apesar de alguns não apresentarem sintomas. Quando o crescimento do fungo é exageradamente grande, o homem então apresenta sintomas similares ao da candidíase vulvovaginal.
Abaixo estão alguns dos mais comuns sintomas da candidíase peniana:

- Dor durante a relação sexual;
- Sensação de queimação ao urinar;
- assaduras na cabeça do pênis;
- Leve inchaço;
- Eventual corrimento semelhante ao sêmem.

Homens adquirem candidíase peniana ao terem contato sexual com uma parceira contaminada ou devido a uma fraqueza no sistema imunológico. Alergias a alimentos e agentes químicos também podem desencadear a candidíase em homens. A candidíase entretanto não é considerada uma doença sexualmente transmissível e este fato não é comum. Para que a transmissão ocorra, geralmente o ato deve ocorrer no período em que a mulher está tendo uma crise. A raridade se dá pelo fato de que a mulher nesse estado não quer ter relações sexuais. A transmissão geralmente ocorre durante os primeiros dias da crise quando os sintomas ainda não são tão desconfortáveis.

Ao ser diagnosticado com candidíase peniana, o homem deve abster-se do sexo até que a crise tenha passado. Muitas vezes, a mulher infectada passa a doença para o parceiro e quando já está curada, pega a doença do parceiro novamente.

A utilização de remédios pode tornar o fungo mais resistente com o tempo.